• Hypnobirthing7

    Dar à luz em harmonia

Tem menos paciência ou está mais irritável? 😬Sente-se mais ansiosa? 😥Está mais apreensiva com o parto? 😰Tem dificuldade em adormecer ou tem insónias?  😴Recusa-se ou tem dificuldade em pensar no parto? 😰Tem pensamentos ou sonhos negativos? 😢Sente-se emocionalmente mais instável? 🙃Sente frequentemente um aperto no peito ou vontade de chorar? 😭Sente o coração acelerado quando pensa ou lhe falam no parto? 💗Sente-se mais triste ou apática? 😪Se se identifica com alguns destes sinais, poderá estar
Estudos demonstram que o Hypnobirthing está associado a: – Parto mais curto, porque vai trabalhar em colaboração com o seu corpo- Passa de 9,3 horas para 6,4 horas (de média, nas mães de primeira viagem) e de 6,2 horas para 5,3 horas (nas outras mães). – Parto mais confortável e, por isso com mais incidência no parto natural. 84 a 99% dos partos por Hypnobirthing são espontâneos, sem qualquer intervenção. Mas o método é para
Quando a mulher engravida, a cultura e os medias tendem a representar o parto como algo incrivelmente traumático e doloroso. Estas crenças, o receio do desconhecido e um ambiente de gravidez inadequado, geram, na grávida, uma mensagem inconsciente de possível “ameaça”.Mesmo sabendo que está segura, tudo isto acontece de forma totalmente involuntária na cabeça da grávida e é altamente improdutivo para o nascimento. Assim, na hora do parto, a maioria das mulheres entra instintivamente e
 , ,
Há bebé que se apresentam de costas, ou seja, de costas com as costas da mãe. Esta é uma posição que tem vindo a aumentar muito nos últimos tempos e pode ser por uma necessidade do bebé mas também pode ser afetada pela postura da mãe.Porquê?Porque fomos feitos para caçar, correr, andar… e hoje passamos a maioria do tempo sentadas e reclinadas. Um exemplo: a mãe levanta-se e vai para o trabalho a conduzir ou
Muitas mães ficam ansiosas quando o bebé se apresenta pélvico (sentado) ou de pés/joelhos/ para baixo. Tal como dizia Mary Cronk “ é uma posição pouco usual mas normal” e menos de 4% dos bebés estão nesta posição no final da gravidez. Antes de mais há que esclarecer que , por exemplo com 30 semanas, o bebé não esta pélvico nem em nenhuma outra posição porque simplesmente ainda não está posicionado para nascer. E mesmo
O medo do parto, a Tocofobia*, é muito mais de que um simples medo. É um distúrbio formalmente reconhecido em 2000 e trata-se de uma fobia real e séria, que transtorna inúmeras mulheres. De acordo com um estudo no Industrial Psychiatry Journal, a Tocofobia pode afetar tanto mulheres que nunca estiveram grávidas como mulheres que já passaram por um parto traumático anteriormente. Depressão pré-natal, abortos espontâneos e outros problemas obstétricos também podem desencadear a Tocofobia.Aparece
 , , , ,
Este método já foi testado e analisado pelos mais diversos meios. Aqui ficam alguns números dos vários estudos publicados. Vários estudos demonstram resultados sobre a aplicação do Hypnobirthing: Alívio da dor durante o trabalho de partoNum estudo realizado para entender a intervenção do Hypnobirthing no alívio da dor no trabalho de parto, as mulheres ouviram um CD de auto-hipnose desde as 32 semanas de gravidez até ao nascimento do bebé e foram entrevistadas 8 a
“Mas como é que alguma técnica consegue controlar uma das dores mais intensas que o ser humano pode sentir?” Esta é uma das perguntas que ouço mais frequentemente enquanto terapeuta de Hypnobirthing. Com a parte mais poderosa do seu corpo: a mente. De acordo com a neuro-ciência, o cérebro apresenta maior neuro-plasticidade durante a gravidez e o Hypnobirthing tira partido deste facto. Através de uma serie de técnicas aprende a evitar a intensidade da dor
Nas últimas semanas de gravidez, o tamanho da barriguinha pode dificultar o sono e os movimentos. É natural que se sinta mais pesada e cansada. Também se poderá sentir com menos paciência e começar a questionar sobre o parto. Se aliarmos o nervosismo natural de não saber quando e como será o parto, tudo isto pode levar a um estado de ansiedade, muito usual nesta fase de gravidez. Apesar de ter o seu lado positivo
Desde que Megan Markle disse que fazia Hypnobirthing, seguindo os passos da cunhada e de tantas outras figuras públicas, o método tem vindo a ganhar mais visibilidade, mas há ainda muitas dúvidas sobre esta filosofia que permite um nascimento mais rápido, fácil e harmonioso.  O Hypnobirthing, ou Hipnoparto, é um método de preparação para o nascimento assente nas mais recentes evidências científicas que ajuda a dar à luz de forma fácil, confortável e harmoniosa. Estar calma, tranquila e ter