A Ocitocina é a estrela do parto e é, vulgarmente, chamada de “hormona do amor” ou “hormona do prazer”. Produz-se quando está relaxada e a fazer algo que lhe dá prazer.
E no parto, queremos muita Ocitocina pois é imprescindível para um parto confortável !

Como curiosidade, Ocitocina vem do grego Oci (rápido) e tókos (parto) e é a hormona responsável pelas ondas uterinas, tornando-as mais eficientes. Também ajuda a reduzir o sangramento durante o parto, a estimular a libertação do leite materno e desenvolver o apego.

Além do parto, libertamos Ocitocina em todos os momentos agradáveis ao longo da vida: quando nos apaixonamos, fazemos amor, quando acariciamos um animal de estimação, vemos um filme cómico ou sempre que sentimos prazer e estamos relaxadas e tranquilas.

No momento do nascimento produz-se um verdadeiro cocktail de hormonas de felicidade e de calma, que ajudam a mulher a passar por este período com mais conforto.

É, inclusive, a altura em que a mulher tem os níveis de Ocitocina mais elevados da sua vida inteira.

No entanto, é bom saber que a produção de Ocitocina precisa de tranquilidade e privacidade, deixando trabalhar a sua parte instintiva (parte animal) e silenciando a sua parte racional.

E como pode ajudar a produção de Ocitocina?

– Sentindo-se segura
– Estando tranquila e desinibida
– Sentindo-se com a intimidade resguardada
– Fazendo atividades que lhe dão prazer como namorar, massagens, banho, ver um filme de que gosta, ouvir música que lhe agrade, comer algo que aprecie…

Resumindo, sentindo-se tranquila e feliz, desfrutando do prazer de fazer o que gosta com quem gosta.

Esta é uma das técnicas que abordamos na formação sobre Técnicas de Hypnobirthing e que tem ajudado tantos casais.

Imagem Google